Blog

Como posso melhorar o processo interno de monitoramento das marcas divulgadas?

Como posso melhorar o processo interno de monitoramento das marcas divulgadas?

Muito já se ouviu falar dos problemas que uma marca não registrada pode trazer ao dono e a quem a criou, no caso, sua agência. Se você acompanha os conteúdos que publicamos frequentemente já deve estar muito atualizado das complicações que a falta do registro pode trazer ao crescimento da empresa do seu cliente.

E claro, o monitoramento é primordial para que haja uma fiscalização do patrimônio do seu cliente e proteção da sua criatividade. Lembre-se que não adianta fazer seu papel incentivando o cliente a registrar a marca dele, se não se preocupar com a atuação e visibilidade dela no mercado. Monitorar é essencial!

No mercado você já encontra empresas especializadas em monitoramento de marcas na internet e no meio off-line também. Elas até oferecem parcerias a fim de cuidar da sua ideia e da marca do cliente. Mas, sabemos que por questões pequenas normalmente essas questões vão sendo deixadas de lado.

Pensando nisso, hoje vamos apresentar algumas sugestões de ferramentas e ações que você pode realizar na sua agência a fim de monitorar as marcas que foram criadas e divulgadas. Confira!

Melhorando o processo interno de monitoramento

Como posso melhorar o processo interno de monitoramento das marcas divulgadas?

É preciso um departamento para monitoramento das marcas criadas? Contratação de novos funcionários para a agência? Treinamento especializado? Cursos focados em registro e monitoramento de marcas? Não!

Você não precisa fazer tudo isso para começar a agregar ainda mais valor ao cliente em cada trabalho de criação desenvolvido.

Demonstrar atenção com a criação realizada e colocar em prática algumas pequenas ações já é um bom começo. Claro, precisará dedicar um tempo na função, mas valerá a pena.

Ferramentas para monitorar as marcas criadas pela sua agência

Essas dicas de ferramentas para monitoramento da marca no ambiente digital contribuirão muito para a fiscalização que sua agência vai realizar em cima das marcas registradas. E sim, essa pesquisa só vale a pena se os seus clientes estiverem com as marcas devidamente registradas.

Não posso pesquisar sem registro? Pode. Entretanto, se por acaso você identificar o uso indevido de alguma marca que foi criada pela sua agência, você não poderá fazer nada. Muito menos levar a questão para o poder judicial.

E ainda, pode ocorrer o contrário: a marca que encontrou igual à que você desenvolveu ao seu cliente, pode encontrá-lo e, judicialmente, pedir indenização por uso indevido. Ou seja, a situação vira contra sua agência e seu cliente. Então sim, a pesquisa só é válida se as marcas estiverem registradas no INPI. Caso tenha interesse em saber mais sobre proteção dela, acesse o texto Como proteger as marcas criadas pela minha agência.

Sobre as sugestões de ferramentas para monitoramento, são:

Google

Essa dica é muito óbvia, porém funciona bem. Abra a janela do Google e digite o nome da empresa do seu cliente. Veja o que aparece.

É importante que você analise com muita atenção os primeiros resultados da busca – os que estão na primeira página – a fim de procurar algo relacionado a marca do seu cliente. Isso já vai permitir visualizar quem menciona e como menciona a marca do seu cliente na internet. Nesse sentido também entra a sugestão abaixo.

Reclame aqui

Não se espante. Sabemos o quanto as empresas fogem do Reclame Aqui, principalmente porque é um site que tende a influenciar negativamente nas escolhas das pessoas.

Quando consumidores procuram por um produto na internet e a marca do seu cliente aparece como sugestão na primeira página, isso é ótimo. Entretanto, se o primeiro link que menciona for do Reclame Aqui, é possível que esse consumidor desista da compra.

Percebeu a importância de monitorar as marcas dos seus clientes? Assim como é primordial encontrar o uso indevido, é importante sua agência conscientizar os clientes quanto a isso.

É possível encontrar no Reclame Aqui comentários de reclamações sobre a empresa do seu cliente, como também, identificar o uso da mesma marca por uma outra empresa.

Google Alert

Ele também é uma ferramenta simples, porém eficiente no que se propõe. Você pode adicionar o nome da empresa do seu cliente – pode também criar um alerta para a empresa de cada cliente que você criou uma marca – ou a URL do site dele no Google Alert para acompanhar o que as pessoas estão falando sobre o termo que você salvou.

Como criar um Google Alert?

  • Faça login na sua conta do Google e vá para a página: https://www.google.com.br/alerts
  • No campo de buscas onde está escrito “Criar um alerta sobre…” digite o nome da empresa do seu cliente
  • Logo em seguida ele mostrará o nome da empresa com o botão “Criar alerta”, clique nele
  • Você vai perceber que logo embaixo ele menciona que será enviado para o e-mail que você fez o login no Google
  • Na aba “Mostrar opções” ao lado do botão de “Criar alerta” você consegue definir a frequência, fonte, idioma, religião, quantos e para qual e-mail enviar.

Social Mention

Ele disponibiliza a frequência de busca de determinado termo e/ou empresa. Permite também escolher a rede social que deseja pesquisar e apresenta categorias de pesquisa que avaliam as menções referentes a marca do seu cliente e o alcance de influências. Então, ele é uma ferramenta voltada para o monitoramento das redes sociais.

Talkwalker Alerts

Ele possui funções muito parecidas com o Google Alert e permite monitorar as marcas dos seus clientes na internet.

Fiscalização contínua

Se você colocar em prática as sugestões de monitoramento para as marcas criadas pela sua agência, já terá feito um bom trabalho. Porém, é importante lembrar que esse processo precisar ser contínuo e vitalício!

Não se assuste, mas é verdade. Enquanto as marcas desenvolvidas pela sua agência estiverem ativas no mercado, essa busca incessante precisa existir. O uso indevido da marca do seu cliente é assunto sério, principalmente porque envolve a integridade do trabalho dele e da sua agência.

Tendo uma pessoa focada nessa questão ou não, a pesquisa e fiscalização deve ser permanente.

Mas, como ficar em cima dessa pesquisa sendo que existe uma agência para comandar, não é? Descubra a seguir o que pode ajudar sua agência nesse trabalho!

Vantagens de contratar uma empresa especializada

Como posso melhorar o processo interno de monitoramento das marcas divulgadas?

Agora, caso você não saiba, já existe no mercado soluções de registro e monitoramento de marca focado em agências. Não vamos aprofundar essa questão aqui, pois já falamos isso em outro post. Porém, vamos apresentar algumas vantagens que sua agência tem ao contar com uma empresa especializada tanto para realizar o registro como monitorar as marcas dos seus clientes.

  • Monitoramento automatizado
  • Possibilidade de interferência quando ocorre uso indevido
  • Monitoramento em tempo real, 24 horas por dia, 7 dias da semana
  • Análise de todos os sites, blogs, páginas e redes sociais
  • Quando o software encontra o uso indevido você recebe uma notificação
  • A empresa auxilia na melhor ação frente a concorrência desleal
  • Parceria exclusiva entre a empresa e a agência na proteção das marcas criadas.

Conclusão

Já falamos e queremos frisar novamente. Realizar essas pequenas ações a favor das marcas criadas pela sua agência preservará o seu trabalho e a presença digital da marca do seu cliente.

Utilize as ferramentas que sugerimos e tenha uma fiscalização bacana. Agregue a isso o serviço de uma empresa especializada e tenha um monitoramento fantástico.

A assertividade no registro e monitoramento das marcas dos seus clientes fortalecerá essa parceria entre vocês. Além da proteção e prestígio que o registro transfere a uma marca.

Tem interesse em saber mais da parceria que oferecemos? Quer conhecer a ferramenta exclusiva de monitoramento da Fixar? Entre em contato conosco e descubra como ter sua criatividade protegida e a marca do seu cliente segura!

Compartilhe: