Blog

Branding

Branding – Como está a percepção do consumidor em relação a sua marca?

Não é exagero dizer e já mencionamos em outros conteúdos que a marca é o maior patrimônio de um negócio. Ela carrega toda essa importância pois, é através dela que seu negócio passa a ter contato com o seu público-alvo, sua persona.

Nesse sentido, é fundamental trabalhar o Branding na sua empresa, a fim de que esse relacionamento da sua marca com o cliente se torne mais próximo e carregue a personalidade do seu negócio.

Por isso, hoje vamos falar sobre o que ele é, qual a importância dele e algumas dicas de como você pode colocá-lo em prática na sua empresa! Confira!

O que é Branding?

Se traduzirmos essa palavra, ela significa marca. Mas se você já ouviu falar, é provável que conheça esse termo como gestão da marca. Ele basicamente é um conjunto de ações que são realizadas pela empresa levando em consideração o posicionamento, propósito e valores da marca.

Quando você integra o Branding nas ações da sua empresa, o principal objetivo é criar sensações e conexões entre sua marca e o seu cliente. E essas conexões são elaboradas com o intuito de que exista pouca ou nenhuma brecha para o concorrente tirar o cliente de você.

Uma das premissas a serem praticadas dentro dessa estratégia é de que mais importante do que o produto/serviço que você vende, é o problema que você resolve.

Mas, você deve estar pensando onde é possível “enxergar” o Branding, certo?

Cores, logotipo, fonte, valores da empresa, brandvoice, pessoas, tudo colabora para que exista uma personalidade da marca. Esta que deve ser única e carregar consigo traços que sejam percebidos e lembrados pelo cliente de forma diferenciada.

Outro fator importante sobre o Branding é que além da relevância de ter e passar ao mercado uma personalidade e propósito bem definidos, ele também tem conexão com o relacionamento que a sua marca irá construir com as pessoas.

E tão importante quanto esse contato, o Branding busca também conquistar reconhecimento e o respeito dos clientes pela marca.

Download e-book Criação, Divulgação e Monitoramento

Qual a importância do Branding para sua marca?

Você pode criar uma marca incrível e até mesmo registrá-la no INPI. Isso vai trazer maior segurança e credibilidade para seu negócio no mercado.

Porém, mais do que isso, é preciso conquistar o seu público ideal. Ao desenhar um propósito e uma personalidade a ser seguida em todas as ações e materiais divulgados pela empresa, existe maior probabilidade de se adquirir maior engajamento e fidelidade dos clientes.

Transformar-se em um negócio único não é algo simples. Ao criar um tom de voz a ser usado em todas as comunicações e ao deixar claro os objetivos e propósito, existem maiores chances da sua marca criar conexões com as histórias, momentos e experiências vividas pelas pessoas.

O produto/serviço não vai deixar de ser importante. Não é isso. O que passa a ter maior peso na decisão do cliente entre o seu produto e o do concorrente, dentre outros aspectos, é o valor que a sua marca vai entregar através dele.

Então, uma dica que podemos já deixar é: estabeleça conexões e relacionamentos com os seus clientes e com os possíveis clientes também. Mas, torne isso contínuo! Não adianta conversar, entender das dores do seu cliente, ajudar no que ele precisa em um momento e no outro não estar mais lá.

Essa presença constante pode ser mais viável através das redes sociais e outros canais online. O importante é que através do Branding, sua marca estabeleça um contato muito além do comercial, ou seja, que traga cada cliente para junto de si.

E que, através desse contato, o cliente já enxergue desde o princípio o valor que tem para sua marca e o que ela tem a oferecer além do produto.

Qual a percepção que o consumidor tem da sua marca?

Branding e percepção do consumidor

Entendido sobre o que é o Branding e qual a importância dele, pare um instante e tente lembrar ou formular na sua cabeça a resposta para essa pergunta: qual a percepção que o consumidor tem da sua marca?

Se você não souber responder ou encontrar várias “personalidades” significa que realmente sua marca está precisando de gestão.

Como sua marca quer ser vista? Como ela quer ser lembrada? Quando uma pessoa a ouvir sendo dita, você quer que sua marca seja associada a quais experiências, momentos?

Um grande exemplo de um espetacular Branding, é a Coca Cola. Quando você pensa ou fala essa marca, o que te vem na cabeça? Felicidade? Momentos em família? Dentre outros pontos, a Coca Cola quer ser e quer proporcionar felicidade.

Então, quando a pessoa pensar na sua marca, ela precisa encontrar uma definição, um pensamento, uma palavra que possa corresponder a ela.

Somente com essa estruturação de um conceito, uma personalidade é que os clientes enxergarão sua marca como algo que possa ser interessante manter contato. Não apenas efetuando a compra de produtos, mas realizando experiências e momentos comuns entre ambos.

7 dicas para começar a trabalhar o Branding na sua empresa

  • Entenda quais são os valores da empresa: eles representam a mensagem que será passada ao seu público e como a marca deseja ser/será vista.
  • Construa uma cultura corporativa: os colaboradores são responsáveis por transmitir a mensagem da empresa e precisam acreditar nela. Ou seja, a mensagem da empresa e o que é praticado nela internamente precisam coincidir, criando uma cultura.
  • Não pense só no agora: alguns resultados podem acontecer a curto prazo, porém a grande maioria só ocorrerá depois de um certo tempo. A estratégia de Branding é um trabalho contínuo.
  • Tenha padrão nos materiais de marketing: esse padrão deve não só estar presente nos materiais de marketing, mas nas ideias apresentadas ao público e no tom de conversa. E ainda, na comunicação, nas propostas e nos valores. Tudo que diz respeito a marca precisa seguir um padrão. Oscilações de humor e em práticas cotidianas, por exemplo, podem gerar insegurança, além de dificultar o reconhecimento da marca pelo seu público.
  • Integre o Branding em todas as estratégias da empresa: o Branding vai muito além da equipe de marketing da empresa. Ele deve ser percebido em todos os aspectos da empresa. Como os funcionários se comportam, quais roupas utilizam e a forma como atendem o telefone. E ainda, como é o tom de voz em um e-mail, ou seja, deve integrar todos os departamentos e ações internas do negócio.

Nossa dica é que você procure um profissional especializado que possa analisar minuciosamente como a empresa trabalha. E então, depois dessa análise, seja construída uma visão sólida de como a marca quer ser vista e lembrada pelos consumidores e pelo mercado.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco! Se desejar, faça o download do nosso e-book e confira dicas vão contribuir para a criação do Branding na sua empresa!

Download e-book Criação, Divulgação e Monitoramento

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email